Expectativas e Sentimentos de Gestantes Internadas em uma Maternidade de Alto Risco Sobre o Parto

Autores

Palavras-chave:

Gravidez de alto risco, Expectativas, Parto, Enfermagem obstétrica

Resumo

O diagnóstico de gestação de alto risco pode trazer surpresa e preocupação para gestantes em qualquer fase da gravidez, mas com a proximidade do parto, questões relacionadas ao nascimento podem ser alvo de dúvidas das futuras parturientes. Este estudo teve como objetivo identificar expectativas de gestantes internadas em uma maternidade de alto risco sobre o momento de seu parto. Estudo descritivo, qualitativo, que teve como participantes 11 gestantes maiores de 18 anos, com idade gestacional a partir de 20 semanas, internadas para tratamento de patologias na gestação, portanto, classificadas como alto risco de acordo com critérios do Ministério da Saúde. O cenário do estudo foi o Núcleo Perinatal do Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), localizado no município do Rio de Janeiro. Os dados foram coletados por um roteiro de entrevista, elaborado pela própria pesquisadora, com perguntas fechadas e abertas. Os dados foram analisados por estatística descritiva e análise temática de conteúdo. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa como recomendado pela Resolução 466/2012 que trata de pesquisas que envolvem seres humanos. Os resultados apontam para a expectativa de gestantes quanto ao parto de forma humanizada, tranquila e com seu acompanhante de escolha. Entretanto, destaca-se a ansiedade e o medo da cesárea como sentimentos negativos advindo desse processo. Conclui-se que é preciso preparar as gestantes desde o pré-natal, momento oportuno de aprendizado, para o trabalho de parto e parto. Afim de favorecer uma experiência mais consciente e segura frente ao nascimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Diretriz Nacional de Assistência ao Parto Normal. Relatório de recomendação. Brasília: Ministério da Saúde, 2016.

CAMPELO, BA; PRATES, RC; SILVA, SP. PARTO NORMAL OU CESARIANA? FATORES QUE INFLUENCIAM NA ESCOLHA DA GESTANTE. REVISTA: Revista de enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria. Santa Catarina, Março 2014. DOI: 10.592/217976928861. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/8861. Acesso em: 17 de setembro de 2021

CARVALHO, E.R. et al. Expectativa e experiência do processo parturitivo em mulheres atendidas em unidade básica de saúde. Saúde e Pesquisa. V.13, n.3. p. 545-554. 2019 - e-ISSN 2176-9206

FERNANDES, J.A.; CAMPOS, G.W.S.; FRANCISCO, P.M.S.B. Perfil das gestantes de alto risco e a cogestão da decisão sobre a via de parto entre médico e gestante. SAÚDE DEBATE | RIO DE JANEIRO, V. 43, N. 121, P. 406-416, ABR-JUN, 2019

MELLO, RS. et al. Medo do parto em gestantes. Femina. n 49, p 121- 128. São Paulo, Jan de 2021. Disponível em: https://docs.bvsalud.org/biblioref/2021/05/1224070/femina-2021-492-p121-128-medo-do-parto-em-gestantes.pdf. Acesso em: 15 de dezembro de 2022.em: https://saude.rj.gov.br/comum/code/MostrarArquivo.php?C=MzU0MjY%2C

PEREIRA, RMS; SILVA, DK; FERREIRA, RC; ANDRADE, SC. Despertanto para o parto: expectativas de gestantes. Revista Uningá. Maringá, jul/set 2018. DOI: https://doi.org/10.46311/2318-0579.55.eUJ2142. INSS: 2318-0579. v 55, n 3, p 83-90. Disponível: https://revista.uninga.br/uninga/article/view/2142. Acesso em: 15 de dezembro de 2022

TOSTES; SEIDIL, 2016. Natalia Almeida, Eliane Maria Fleury. Expectativas de gestantes sobre o parto e suas percepções acerca da preparação para o parto. Temas psicol., Ribeirão Preto, v. 24, n. 2, p. 681-693, jun. Disponível em <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2016000200015&lng=pt&nrm=iso>. Acessoem 03 mar. 2022. http://dx.doi.org/10.9788/TP2016.2-15.

Downloads

Publicado

20-12-2023

Como Citar

Kelly Cristina Rocha da Motta Silva, Renata Martins da Silva Pereira, & Letícia Vitória Silva Garcia. (2023). Expectativas e Sentimentos de Gestantes Internadas em uma Maternidade de Alto Risco Sobre o Parto. Congresso Brasileiro De Ciências E Saberes Multidisciplinares, (2). Recuperado de https://conferencias.unifoa.edu.br/tc/article/view/1024

Edição

Seção

Ciências da Saúde (exceto Medicina)

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)