Reativação de Toxoplasmose ocular em gestante: relato de caso

Autores

  • bruno setta UniFOA
  • Mayra Rozália Loureiro Novaes
  • Rider Santiago Alcoba Junior
  • José Diniz Pinto Bravo Filho

Palavras-chave:

toxoplasmose ocular, obstetrícia, Pre natal de alto risco

Resumo

A toxoplasmose ocular é considerada a principal causa de uveíte posterior. Em mulheres grávidas, devido à imunotolerância fisiológica característica, a reativação da infecção por Toxoplasma gondii pode ocorrer. A deficiência visual e cicatrizes retinianas em um indivíduo previamente infectado permitem o diagnóstico. Nesses casos, recomenda-se excluir infecção fetal no líquido amniótico e instituir profilaxia se não for comprovada a ocorrência de infecção fetal. O objetivo desse trabalho foi descrever um relato de caso raro, de uma gestação numa mulher com antecedentes de infeção por T. Gondii e reativação ocular. Trata-se de uma gestante brasileira de 27 anos, casada e residente do Município de Volta Redonda-RJ, com o diagnóstico de reativação ocular de toxoplasmose, sem a evidência de transmissão fetal durante a investigação inicial. Durante a gravidez, a paciente foi encaminhada para o Pré-Natal de Alto Risco (PNAR), monitorizada com ecografias periódicas e acompanhada em serviço de oftalmologia, tendo sido iniciado esquema profilático à base de espiramicina. Após o parto, a análise do soro do recém-nascido não foi sugestiva de infecção pelo protozoário e o mesmo segue em acompanhamento clínico em um centro especializado em doenças infecciosas do município.

Referências

ANDRADE, G. M.; SANTOS, D.V.; CARELLOS, E.V.; ROMANELLI, R.M.; VITOR, R.W.; CARNEIRO, A.C.; et al. Congenital toxoplasmosis from a chronically infected woman with reactivation of retinochorioiditis during pregnancy. Rio de Janeiro. Revista Sociedade Brasileira de Pediatria. 2010; 86 (1):85-88.

BACHMEYER, C.; MOUCHNINO, G.; THULLIEZ, P.; BLUM, L. Congenital toxoplasmosis from an HIV-infected woman as a result of reactivation. Journal of Infection. (2006) 52, e55–e57.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento de Ações Programáticas. Manual de gestação de alto risco [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Departamento de Ações Programáticas. – Brasília: Ministério da Saúde, 2022.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Protocolo de Notificação e Investigação: Toxoplasmose gestacional e congênita [recurso eletrônico]/ Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. – Brasília: Ministério da Saúde, 2018. 31 p.: il.

DESMONTS, G.; COUVREUR, J.; THULLIEZ, P. Congenital toxoplasmosis. 5 cases of mother-to-child transmission of pre-pregnancy infection. Presse Med. 1990;19: 1445-9

OLIVAL, V.; CORREIA, A.; BELLO, A.; CABUGUEIRA, A.; NUNES, M.J. Reativação ocular da toxoplasmose durante a gravidez. Acta Obstétrica e Ginecológica Portuguesa. 2014;8(1):82-83.

SES – Secretaria de Estado de Saúde do Paraná. Atenção ao Pré-Natal: Toxoplasmose. Disponível em: http://www.sjp.pr.gov.br/wp-content/uploads/2018/04/ANEXO-VII-toxoplasmose-cong%C3%AAnita.pdf. Acesso em: 22/04/2023.

SBU – Sociedade Brasileira de Uveítes. Diretrizes de diagnóstico e tratamento das uveítes infecciosas – Toxoplasmose ocular. Disponível em: https://www.uveitesbrasil.com.br/assets/files/01-E bookTOXOPLASMOSEOCULAR.pdf. Acesso em: 18/04/2023.

VAZ, R. S.; RAULI, P.; MELLO, R.G.; CARDOSO, M.A. Toxoplasmose Congênita: Uma doença negligenciada? Atual política de saúde pública brasileira. Field Actions Science Reports. 2011; 3 (3):p.8.

YADAV, R.K.; MAITY, S.; SAHA, S. A review on TORCH: groups of congenital infection during pregnancy. Journal of Scientific Research; 2014. 3 (2):258–264

Downloads

Publicado

04-08-2023

Como Citar

setta, bruno, Rozália Loureiro Novaes, M., Santiago Alcoba Junior, R., & Diniz Pinto Bravo Filho, J. (2023). Reativação de Toxoplasmose ocular em gestante: relato de caso. Congresso Médico Acadêmico UniFOA. Recuperado de https://conferencias.unifoa.edu.br/congresso-medvr/article/view/374

Edição

Seção

Relato de Caso

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)