Relato de Caso Clínico

Linfoma não-Hodgkin

Autores

  • Thereza Pascal Abdo Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ - UniFOA.
  • Patrícia Marques Leite Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ - UniFOA.
  • Thalita Alves Morgado dos Santos Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ - UniFOA.
  • Rafaella Pinto Ferraz Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ - UniFOA.
  • Priscilla Hidalgo de Araújo Centro Universitário de Volta Redonda, Volta Redonda, RJ - UniFOA.

Palavras-chave:

Linfoma Não-Hodgkin, Neoplasia, Quimioterapia

Resumo

Introdução: Linfoma é um tipo de câncer que se desenvolve nos linfonodos (ou gânglios). Ocorre quando uma célula normal do sistema imune encarregado de defender o organismo de infecções, chamada linfócito, cresce desordenadamente, sem parar, e espalha-se pelos linfonodos, em especial, pelos da região do pescoço, axilas e virilha, mas também pela medula óssea, baço, fígado e trato gastrintestinal. Os linfomas podem ser classificados basicamente em dois grandes grupos: linfomas Hodgkin (LH) e não Hodgkin (LNH). Nos dois casos, eles têm comportamento e grau de agressividade diversos. (2008, SCHELIGA). Existem mais de 20 tipos diferentes do linfoma não Hodgkin, classificados de acordo com o tipo de célula linfoide e o comportamento biológico: os indolentes, com evolução lenta, e os agressivos, de crescimento rápido e mais invasivos. A incidência tem aumentado nos últimos anos. Embora possa manifestar-se em pessoas de qualquer idade, parece que atinge mais os homens do que as mulheres com idade superior a 60 anos. (2012, HARRISON).

Referências

CORDEIRO, Samuel Z. B; CORDEIRO, Paulo B. Síndrome de veia cava superior - J Pneumologia. 2002; 28 (5): 288-93. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/jpneu/v28n5/a09v28n5.pdf. Acesso em: 11 de março de 2014.

HARRISON . Medicina interna. 18.ed. Rio de Janeiro: McGraw Hill, 2012.

SCHAFFER, Larissa Finger¹; MACUGLIA, Carla Caroline Nunes¹; SANTOS, Camila Dalcin¹;GARLET , Carina Mion². LINFOMAS HODGKIN E NÃO HODGKIN: UMA REVISÃO DE LITERATURA.

SCHELIGA, A; MELO de, C, O; ASSAD, D, X; LIMA, D, S; ALENCAR de, D, R; MOREIRA, M, M, L; FILHO, O, M; COELHO, F, R, S; ASMAR, S, B; PEREIRA, B, S, V; ARAUJO, L, H, L. Linfoma não Hodgkin de alto grau – Revisão de literatura. Revista Brasileira de Cancerologia 2008; 54(2): 175-183

Downloads

Publicado

04-10-2014

Como Citar

Pascal Abdo, T., Marques Leite, P., Alves Morgado dos Santos, T., Pinto Ferraz, R., & Hidalgo de Araújo, P. (2014). Relato de Caso Clínico: Linfoma não-Hodgkin. Congresso Médico Acadêmico UniFOA. Recuperado de https://conferencias.unifoa.edu.br/congresso-medvr/article/view/817

Edição

Seção

Resumos simples

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.