Introdução da Realidade Virtual no Ensino de Medicina no UniFOA, através do projeto MedTech e do laboratório NAVE

Autores

Palavras-chave:

realidade virtual, Ensino, tecnologia, propedêutica médica

Resumo

Para formar um médico adequado ao século 21, é fundamental que a educação seja atualizada, contando com as novas descobertas em pesquisa médica, tecnologias avançadas, novas abordagens para o tratamento de doenças e condições de saúde. A Realidade Virtual (RV) vem se destacando como importante forma de divulgação do conhecimento e facilitador do processo ensino-aprendizagem. A RV é uma tecnologia que cria um ambiente simulado por meio de dispositivos como óculos de realidade virtual, luvas e sensores de movimento. Na medicina, ela pode ser usada para simular situações clínicas e para ensinar procedimentos médicos, como cirurgias. Em 2019 o professor Walter Luiz M.S. da Fonseca e o acadêmico Danilo Devezas Souza começaram a estruturar um projeto que pudesse estimular e facilitar o ensino médico, utilizando novas tecnologias. O projeto resultou num trabalho que apresenta a Realidade Virtual como uma metodologia moderna, capaz de disponibilizar ao ensino médico recursos de um ambiente que simula ambientes corpóreos inacessíveis pelos métodos comuns, motivando e estimulando o estudante. O trabalho teve como objetivo demonstrar as repercussões na educação, sendo seu resultado inicial a introdução do uso de realidade virtual no UniFOA, através do projeto MedTech e do laboratório NAVE. Inicialmente foi realizada uma revisão da literatura sobre o tema Realidade Virtual. Passo seguinte, realizou-se consulta à Presidência da FOA com aprovação do projeto. Em 2023 foi apresentado, um programa de extensão, oficialmente encaminhado à direção do UniFOA, e à presidência da FOA. O programa (PROPEX) foi aprovado e desencadeada a compra do material (óculos, programas) e iniciada a preparação dos ambientes. Já foram realizados três treinamentos para professores, funcionários e alunos monitores, com o intuito de prepará-los para a utilização do laboratório N.A.V.E, ainda em construção, com previsão de entrega para maio de 2023. A atividade está em seu início e, até o momento, todas as pessoas envolvidas têm se manifestado favoravelmente e há uma expectativa positiva entre os alunos e professores.

Referências

AFONSO, Germano Bruno et al. Potencialidades e fragilidades da realidade virtual imersiva na educação. Revista Intersaberes, v. 15, n. 34, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.22169/revint.v15i34.1800 Acesso em: 02 abril 2023.

AGUNE, Pedro et al. Gamificação associada à Realidade Virtual no Ensino Superior. Science, v. 128, n. 119, p. 11, 2019. Disponível em: https://www.sbgames.org/sbgames2019/files/papers/WorkshopG2/199959.pdf Acesso em: 19 abril 2023.

BRAGA, Mariluci. Realidade virtual e educação. Revista de biologia e ciências da terra, v. 1, n. 1, p. 0, 2001.

Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/500/50010104.pdf Acesso em: 15 abril 2023.

FILHO, Amadeu Sá de Campos et al. Realidade virtual como ferramenta educacional e assistencial na saúde: uma revisão integrativa. Journal of Health Informatics, v. 12, n. 2, 2020. Disponível em: https://jhi.sbis.org.br/index.php/jhi-sbis/article/view/708 Acesso em: 19 abril 2023.

MACHADO, Liliane dos Santos et al. Serious games baseados em realidade virtual para educação médica. Revista brasileira de educação médica, v. 35, p. 254-262, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbem/a/dMfcKJsjS5XdcBJTyNw9SNw/ Acesso em: 19 abril 2023.

Downloads

Publicado

04-08-2023

Como Citar

Devezas Souza, D., M. S. da Fonseca, W. L., & Maria de Almeida Fonseca, M. (2023). Introdução da Realidade Virtual no Ensino de Medicina no UniFOA, através do projeto MedTech e do laboratório NAVE. Congresso Médico Acadêmico UniFOA. Recuperado de https://conferencias.unifoa.edu.br/congresso-medvr/article/view/356

Edição

Seção

Artigo Original