A Sutil manifestação da Alienação Parental

análise jurídica e psicológica

Autores

Palavras-chave:

proteção infantil, Família, Alienação Parental, Proteção Estatal, Lei nº 12.318/10, Impactos

Resumo

Na sociedade, a família é um pilar de extrema importância, que merece especial proteção do Estado devido ao seu impacto fundamental na formação de crianças e adolescentes como indivíduos e cidadãos. Nesse contexto, este artigo se dedica a analisar a alienação parental velada, uma prática na qual um dos genitores exerce uma influência sutil visando prejudicar o relacionamento da criança com o outro genitor. Identificar essa forma de alienação é um desafio complexo, que exige uma atenção cuidadosa. Este fenômeno, que era pouco discutido, passou a receber maior atenção no âmbito judicial desde a promulgação da Lei nº 12.318/10, contudo, ainda não é abordado como deveria. O presente estudo busca aprofundar a compreensão dos impactos prejudiciais dessa alienação na vida das crianças e explicar a importância da atuação do judiciário na prevenção dessa prática.

Downloads

Publicado

20-12-2023

Como Citar

Souza Cruz, V. M., Pancardes da Rocha, A., & Martins Ferreira, E. (2023). A Sutil manifestação da Alienação Parental: análise jurídica e psicológica. Simpósio De Pesquisa Em Direito. Recuperado de https://conferencias.unifoa.edu.br/congresso-direito/article/view/920