Estudo das propriedades mecânicas da resina poliéster cristal

Autores

Palavras-chave:

Dureza Shore, Energia de impacto, Taxa de deformação, Velocidade de deformação

Resumo

A resina poliéster insaturado é a mais empregada para confecção de compósitos poliméricos, isto se deve ao fato de aliar bom desempenho mecânico, boas condições de reatividade, custo mais acessível que a resina epóxi ou éster-vinílica à diversidade de formulações disponíveis para atender os requisitos exigidos em diferentes áreas de aplicações dos compósitos. Portanto, para o seu uso é necessário determinar suas propriedades mecânicas, a fim de garantir a resistência desejada no componente final. Logo, este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho mecânico da resina poliéster por meio de ensaios de tração em diferentes velocidades de deformação, ensaio de flexão, ensaio de dureza Shore D e ensaio de impacto, a fim de comprovar a viabilidade do seu uso como matriz polimérica para a fabricação de compósitos. Sendo assim foi confeccionado dois modelos de moldes para a fabricação das placas, necessárias a retiradas do corpo de prova, para os ensaios mecânicos, comprovando suas propriedades mecânicas. Quando comparado com outros autores que trabalham com o mesmo tipo de polímero, as propriedades mecânicas foram atendidas, mas não foi possível fazer uma relação do limite de resistência à tração com a taxa de deformação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABREU JÚNIOR, Antônio Luiz Salgado de; PIMENTEL, Lucas de Souza. Análise experimental do comportamento mecânico do polipropileno em ensaio de tração uniaxial. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Mecânica) – Universidade Federal Fluminense, Volta Redonda-RJ, 2016.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS. ASTM D790: Standard Test Methods for Flexural Properties of Unreinforced and Reinforced Plastics and Electrical Insulating Materials. ASTM International, West Conshohocken, PA, 2015.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS. ASTM D2240: Standard Test Method for Rubber Property – Durometer Hardness. ASTM International, West Conshohocken, PA, 2015.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS. ASTM D3039: Standard Test Method for Tensile Properties of Polymer Matrix Composite Materials. ASTM International, West Conshohocken, PA, 2014.

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS. ASTM E23: Standard Test Methods for Notched Bar Impact Testing of Metallic Materials. ASTM International, West Conshohocken, PA, 2018.

CALLISTER, William D. Jr; RETHWISCH, David G. Fundamentos da ciência e engenharia de materiais: uma abordagem integrada. 5ª. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2020.

KU, H.; WANG, H.; PATTARACHAIYAKOOP, N.; TRADA, M. A review on the tensile properties of natural fiber reinforced polymer composites. Composites: Part B, v. 42, nº. 4, p. 856-873, 2011.

MARINUCCI, G. Materiais Compósitos Poliméricos: Fundamentos e Tecnologia. São Paulo: Artliber Editora, 2011.

MARQUES, Marcelo de Souza. Obtenção e caracterização de um compósito polimérico de matriz poliéster e reforço/carga de tecido plano de algodão. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2016.

MARTINS NETO, José Antônio. Obtenção, caracterização e utilização de um compósito com matriz de resina poliéster e carga de fibras de sisal. 2016. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) – Centro de Tecnologia. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2016.

SOUZA, Luiz Guilherme Vieira Meira de. Efeitos da adição de tecido de fibra de vidro tipo E a um compósito de resina poliéster e tecido de fibra de algodão. 2019. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Natal, 2019.

Downloads

Publicado

24-10-2022

Como Citar

de Oliveira, J. da C. P. T., & Machado, M. C. de O. (2022). Estudo das propriedades mecânicas da resina poliéster cristal. Congresso Brasileiro De Ciências E Saberes Multidisciplinares, (1), 1–9. Recuperado de https://conferencias.unifoa.edu.br/tc/article/view/4